Vamos conversar sobre o pode/não pode usar de acordo com o gênero?

Vamos começar pelo começo. Roupa não tem gênero. E eu não estou apenas querendo repetir frases de efeito, eu quero discutir isso com vocês.


Moda é algo sempre em mudança, isso é natural e óbvio. As mudanças estão cada vez mais rápidas, é verdade, mas elas sempre existiram desde que moda é moda. Um ponto que a gente precisa considerar nessa questão, no entanto, é que as mudanças se dão junto com a cultura e a época, a política no período, o comportamento da sociedade. Tudo que está relacionado à moda também está relacionado aos pontos humanos e aos pontos de poder do período em questão. Certo? Certo.


Agora um segundo tópico: o gênero é uma construção da sociedade e ele vai depender muito de onde você vive. Em alguns lugares TUDO recebe um marcador de gênero, da cadeira ao sol, em outros só criaturas vivas são identificadas com marcadores de gênero. Em uma grade parte do mundo os gêneros são dois: feminino/masculino, mas em algumas sociedades existem três gêneros, desde sempre, desde que surgiram. O gênero é um marcador que definimos para facilitar a vida e o raciocínio, colocando tudo em caixinhas mesmo que aquilo não faça muito sentido ali dentro. Ok? Ok.


E aí eu te pergunto: Por que teimamos em dizer que saia é uma peça de roupa feminina e terno é uma peça de roupa masculina e o caos é instalado se um homem usar saia? *Repare que não falo "se uma mulher usar terno", porque hoje em dia as mulheres precisam usar peças do código de vestimenta masculino para serem respeitadas em situações profissionais formais.*


Por anos e anos homens usaram salto alto, maquiagem, peruca... mas agora o mundo cai se um homem resolver usar qualquer uma dessas coisas. Aliás, o salto foi inventado por homens para homens, para cavalgarem com mais segurança. Mudanças políticas fizeram o salto sair de cena para homens e mulheres ali pelo século XVIII, mas ele retornou para as mulheres no fim do século XIX. Não tem nada, em canto nenhum, dizendo que é proibido homens usarem salto, apenas o nosso costume recente - e isso é verdade para todos os tipos de roupa e acessórios considerados tanto masculinos quanto femininos.


Mas claro que não podemos deixar de lado a influência da sociedade machista nesses pensamentos, afinal, apesar de ter causado controvérsias na época, as mulheres conseguiram usar calças e ternos - peças do armário masculino, que carregam imagens de poder. No entanto, ainda é extremamente controverso homens colocarem uma saia, um salto, um batom - itens associados ao feminino, logo, inferiores. Existem muitos estudos sobre esse assunto, muitos mesmo, e qualquer dia desses eu faço um apanhado e post aqui, mas gente não faz sentido algum dizer que gênero X não pode usar isso ou aquilo por ser algo do gênero Y, não existe isso.


Aí me fala, se homens nobres, membros da aristocracia no ocidente, homens poderosos social e politicamente, usavam peças que hoje consideramos femininas então porque homens do século XXI não podem usar o que bem entenderem? Porque uma campanha com um homem usando batom é tão mal vista? Porque um cara andando na rua de saia é absurdamente julgado? Porque uma mulher não pode escolher usar roupas da seção masculina de uma loja? Mais uma vez repito, roupa não tem gênero e a gente precisa muito parar com ideias tão absurdas de pode/não pode em pleno 2022.